Fly On The Wall

Resumo

  “Fly On The Wall” é o 3º e último single do álbum Breakout e foi anunciado a 27 de Fevereiro de 2009. A letra da música tem sido interpretada de várias maneiras ao longo dos anos – chegando até a ser dito que seria sobre um ex-namorado abusivo – mas a ideia principal é de que é uma música dirigida aos paparazzis que violam a privacidade das celebridades.

Contexto

A letra da música, escrita por Miley, Antonina Armato, Tim James e Devrim Karaoglu, tem sido mal interpretada pela imprensa durante vários anos. A protagonista da música canta-a em primeira pessoa enquanto condena a atitude de um sujeito a violar a sua privacidade. Maior parte dos críticos afirma que a música é para um “namorado controlador”.

Embora estas teorias todas, Miley afirmou numa entrevista para o Access Hollywood que é sobre:

Paparazzi. Eu escrevi para a mídia, sempre acham que têm que estar na minha vida. Às vezes eles desejam que podiam infiltrar-se e estar sempre lá. E que poderiam conhecer-me mais se vivessem em minha casa, no meu quarto e nos diferentes lugares. Por isso, é tipo ir a diferentes locais e tentar fugir deles e não há maneira de fugir, como se fossem moscas.

Todos sabemos o que Miley sente em relação aos paparazzis, várias vezes foi noticiado que ela lhes fez frente por estarem a invadir o seu espaço e até o de sua mãe.

Composição

“Fly On The Wall” é uma música pop rock (no estilo do seu álbum), com um forte uso de guitarras elétricas e teclados. Deriva de música eletrónica e industrial.

Críticas

Esta música recebeu muitos elogios pelos críticos, chegou até a ser afirmado que era uma versão mais nova da música “Toxic” de Britney Spears, adivinhando o futuro de Miley no mundo da música.

Mordechai Shinefield do The Village Voice afirma que a música é “brilhante” e que foi “a melhor, mais furiosa música [em Breakout]”. Embora estas críticas positivas, Ratliff comparou negativamente “Fly On The Wall” com as Pussycat Dolls e disse que embora a voz de Miley é rica, ficou “mesquinha” no single. Mas, ele também disse que a música se relacionava com os adolescentes.

Tabelas

Na América, na semana que acabou a 9 de Agosto de 2008, “Fly On The Wall” chegou ao 69º lugar na Hot Digital Songs por causa do lançamento de Breakout, mas não chegou ao Billboard Hot 100, na semana a seguir caíu desta tabela. Chegou também às tabelas do Canadá.

Embora não ter tido muito sucesso na América do Norte, a música afirmou-se nas tabelas europeias, estreando-se em 90º lugar no top do Reino Unido.

  Tabela com as várias posições (2008 a 2009):

Singles Chart Australiano 54
Singles Chart Austríaco 57
Hot 100 do Canadá 73
Hot 100 Europeu 57
Singles Chart Alemão 62
Singles Chart Irlandês 23
Singles Chart do Reino Unido 16
Billboard Hot 100 dos EUA 84
Pop 100 dos EUA 64

Vídeo

  Numa entrevista para a MTV News, o diretor do vídeo, Philip Andelman, explicou que Miley estava determinada a fazer pouco dos paparazzi quando o contactou para o vídeo de “Fly On The Wall”.

  Quando perguntada sobre o conceito do vídeo durante uma entrevista ao Access Hollywood, Miley disse:

O conceito é tipo ‘Thriller’. É tipo quando os paparazzi se tornam nuns zombies e estão a atacar-me. E o meu namorado está a tentar salvar-me, mas eu não sei se ele também não é um paparazzi. Por isso, sou eu a tentar fugir e a esconder-me. É muito divertido, mas eu estou a fugir do meu namorado e dos paparazzis para conseguir seguir o meu caminho durante o vídeo.

  O vídeo começa com um curto segmento de música dramática. Depois foca-se em Cyrus, usando um top branco, calças de ganga, botas e um casaco de couro preto, e o seu namorado a saírem dum cinema e a falar do filme que viram. Após aparecer a lua cheia, o seu namorado transforma-se num paparazzi que a começa a perseguir. A música começa e Miley tenta fugir durante o vídeo todo dos paparazzi.

  No final do vídeo o seu namorado (já normal) volta para buscar Miley, sem esta saber que ele tinha uma câmera no carro.

  O vídeo foi inspirado pelo vídeo “Thriller” do Michael Jackson e estreou a 5 de Dezembro de 2008 na MTV. A MTV também comparou este vídeo a “Circus” de Britney Spears e “Rumors” de Lindsay Lohan.

Capturas

Stills

Atuações

  Miley atuou esta música pela primeira vez na cerimónia de abertura dos Disney Channel Games de 2008 a 4 de  Maio desse mesmo ano. Esta atuação foi convertida para um vídeo promocional usado durante os intervalos do Disney Channel.

  Durante o ano de 2008, Miley atuou esta música nos programas Good Morning America, Dancing With the Stars, FNMTV e na entrega de prémios American Music Awards.

  “Fly On The Wall” foi também uma das músicas da digressão Wonder World Tour, a sua atuação começava com dois ecrãs a mostrar um sapo a tentar apanhar uma mosca. Miley e os seus dançarinos surgiam dum trator verde no início da música. Ela vestia um extravagante vestido branco. Durante a atuação, Miley voava durante o público durante uns segundos.

  Miley também a cantou no Rock in Rio de 2010 em Madrid e Lisboa e também na sua digressão Gypsy Heart Tour.