+ [ABC] Miley Cyrus foi a rainha da cultura pop em 2013
Posted on: 24 Dezembro, 2013 by aiav Filed Under: Artigos Comentários: Nenhum comentário

Chamem-na a rainha do baile da cultura pop deste ano.

Há um ano atrás, Miley Cyrus não era desconhecida nossa, claro. Mas quem diria que a sua estrela iria subir – ou melhor, explodir – em 2013, fazendo esta ex-ídolo pré-adolescente uma das pessoas mais vigiadas do planeta? E só parece bem fazer a Miley a nossa guia nesta excursão (Kim e Kanye, estavam perto!) enquanto nós fazemos a nossa excursão anual, muito seletiva, aos momentos da cultura pop:

Janeiro

Miley Cyrus começa o seu grande ano e está feliz com o seu noivado com Liam Hemsworth

Fevereiro

É altura dos Óscares e Miley, no seu vestido branco sem costas, faz notícia por não ter alguém ao seu lado – o seu noivo.

Março

As coisas estão a aquecer para Miley – ela é a capa da edição de Março da Cosmo. Da sua grande mudança desde os dias de Hannah Montana, ela diz: “Algumas das piores coisas que aconteceram na minha carreira… foram, na verdade, algumas das melhores.”

Abril

O estilo de Miley muda outra vez: Ela parece ter deixado o seu anel de noivado e está a usar um cabelo mais comprido com franja ao lado…

Maio

Mas não por muito tempo! Agora está todo descolorado e espetado para a gala com tema punk no Metropolitan Museum of Art, onde ela está com a elite da moda, consolidando o seu estatuto de alguém para observar este ano.

Junho

We Can’t Stop” está em 4º lugar na lista de mais viral no Spotify. E sim, o pai de Miley, Billy Ray Cyrus, pede o divórcio da sua mulher de há 19 anos, Tish Finley Cyrus. Mas esperem…

Julho

Esqueçam – o noivado acabou. Miley recebe um documentário na MTV, “We Can’t Stop” é número 2 na Billboard Hot 100, e ela diz numa entrevista: “As pessoas evoluem, e é isso que aconteceu comigo.”

Agosto

Talvez seja isto que Miley quis dizer com evoluir? Miley vai ser lembrada mais pelo mês de Agosto, graças à sua atuação nos MTV Video Music Awards, onde ela twerka no seu caminho para a história da cultura pop com um body de ursinho que muda para um bikini nude. Claro que também há a mão de espuma e também a língua constantemente de fora e gestos vulgares. De manhã, ninguém consegue falar sobre outra coisa. Nós gostávamos de parar… mas não conseguimos!

Setembro

Os representantes de Miley confirmam que o seu noivado com Hemsworth acabou…

Outubro

Miley apresenta o “Saturday Night Live,” fazendo uma versão mais picante de Michelle Bachmann. Talvez não seja uma boa ideia dar conselhos a Miley: Após a cantora irlandesa Sinead O’Connor a aconselha publicamente a deixar de ser explorada sexualmente pela indústria, Miley ataca de volta no Twitter, mencionando as lutas de O’Connor com a desordem bipolar.

Novembro

É altura para alguns prémios de final de ano. “Twerk” está na lista da palavra do ano do dicionário de Oxford, embora perca para a palavra “selfie.” Na lista anual da GQ das celebridades menos influentes, Miley está em 6º lugar, mas não te sintas mal, Miley, o presidente Obama está em 17º lugar. Nos American Music Awards, entretanto, Miley não desilude, atua “Wrecking Ball” como um dueto com um gato gigante.

Dezembro

Mais acenos para o domínio de Miley na cultura pop: a MTV nomeia-a artista do ano. Miley também está no topo da lista dos mais procurados do Yahoo. E, como o final do ano aproxima-se, adivinhem quem vai atuar em Times Square?

Feliz ano da Miley!

Fonte | Tradução: MileyForeverFans






Comenta

Comment: