+ [MYWAY] Miley Cyrus é capa da Rolling Stone
Posted on: 25 Setembro, 2013 by aiav Filed Under: Artigos, Entrevistas, Revistas Comentários: Nenhum comentário

Miley Cyrus é a capa da revista Rolling Stone deste mês, que inclui uma entrevista muito reveladora e honesta por parte da cantora, que falou dos VMA, do vídeo de «Wrecking Ball», passando por assuntos como o twerk, os tabus e Bieber. Para a entrevista, podia escolher um plano: pensou em laser tag, mas escolheu fazer uma tatuagem (uma em cada pé): Rolling $tone.

Sobre os Video Music Awards, Miley explicou que fez a sua  «versão MTV» da música, porque não eram os Óscares ou os Grammys e  ali não é suposto as pessoas parecerem adultas. «É suposto ser divertido!», dizia a cantora, assumindo que pôr a língua de fora não é sensual. «Se eu estivesse a tentar ser sexy, eu podia ter sido sexy. Sei dançar muito mais do que estava a dançar».

Durante a entrevista, Miley parou para ver o videoclip de «Wrecking Ball», que na altura ainda não tinha sido lançado. A certo ponto, num plano próximo da sua cara, larga uma lágrima. «Isso foi real», confessou. «O meu cão tinha acabado de morrer». A ex-menina da Disney já sabia que as pessoas iriam ficar chocadas e que seria a última coisa que esperariam dela: «Arte real». Na verdade, quer ser tomada a sério como uma artista.

Cyrus falou também de um tema importante: os tabus, a propósito de todas as críticas de que é alvo. «Estava a ver ‘Breaking Bad’ no outro dia e eles estavam a cozinhar metanfetaminas. Eu podia literalmente cozinhar ‘meth’ por causa do programa. É um como fazer. Mas depois censuram a palavra ‘f*da-se’. E eu fico tipo, a sério? Matam um gajo, desintegram o seu corpo em ácido, mas não podes dizer ‘f*da-se’?».

Entretanto, durante o dia com a Rolling Stone, Miley identifica o carro de Justin Bieber, o que o traz à conversa. Cyrus explica que por não ser muito mais velha do que Bieber, não quer ser a sua mentora, mas acaba por ser, porque já vive esta vida há algum tempo. «Ele está a esforçar-se mesmo, as pessoas não o levam a sério, mas ele sabe mesmo tocar bateria, sabe mesmo tocar guitarra e sabe mesmo cantar. Só não o quero ver lixar isso», mas Miley não se fica por aí nos conselhos: «Eu digo-lhe tipo ‘Não queres ser uma piada. Quando fores sair, não comeces m*rdas. Não fiques sem t-shirt’, mas a cena é que os rapazes estão tipo sete anos atrás. Por isso, na cabeça dele, ele é tipo 12».

Vê aqui o Vídeo de «Wrecking Ball» – Director’s Cut», onde aparece apenas o close up de Miley a cantar enquanto chora.






Comenta

Comment: