+ Capa da Vogue com Miley Cyrus não foi cancelada
Posted on: 10 Setembro, 2013 by aiav Filed Under: Artigos, Projectos, Rumores Comentários: Nenhum comentário

Miley Cyrus não foi expulsa da capa da revista Vogue porque a editora Anna Wintour estava enojada com a ousada atuação de Miley nos MTV Video Music Awards. O rumor é outra fantasia de críticos que querem, desesperadamente, punir Miley.

Mas não esperem que Wintour faça o vosso trabalho sujo.

Ela nunca se afastou da controvérsia ou arte provocativa, seja moda, música ou qualquer outra coisa. Rihannah, Britney Spears e Madonna apareceram todas nas capas da Vogue, embora as suas carreiras controversas.

Decisões para capas são feitas com semanas de antecedência. Para contrariar o caminho agora, mesmo para a revista de Dezembro, podia criar um problema para a produção que Wintour não tem poder, ou desejo, de fazer.

A história começou como um artigo num site de cusquices de celebridades, e foi parar agradávelmente às mãos dos seus críticos. Eles começaram a usar o artigo, sem pesquisar, com citações, mas fora do contexto numa entrevista a um tablóide britânico.

Nesse caso, o TheImproper encontrou a fonte das citações ao jornal Mirror que publicou o seu artigo no Sunday People, o seu suplemento do fim-de-semana.

“Eu tenho tantos problemas,” Miley supostamente disse. “Eu estou tão f***** – toda a gente faz coisas estúpidas quando estão estragados.”

O tablóide claramente implicou que Miley estava a falar da sua ousada performance nos VMAs. Mas o TheImproper soube que a citação tinha cinco semanas de vida quando os VMAs aconteceram e isso não podia ser referente ao evento.

Mesmo assim, dúzias de websites, incluindo os com boas reputações como o ABC news, “Extra-TV”, TheHuffingtonPost, e outros sites de cusquices, reportaram sem questões.

Nem Miley, nem os seus agentes expressaram algum arrependimento com a atuação, e ela está a continuar com a promoção do seu álbum, Bangerz.

Além disso, Wintour não hesitou em defender a modelo Kate Upton no momento em quem muitos influentes críticos da moda diziam que ela parecia barata e demasiado curvilínea.

Então tudo significa que Miley é exatamente o tipo de icon que Wintour gostaria de apoiar, especialmente se a revista já foi tão longe ao prometê-la a capa e ter feito a photoshoot.

Annie Leibovitz, que fotografou Miley na sua controversa sessão semi-nua para a Vanity Fair quando tinha 15 anos, supostamente fez a sessão da Vogue.

Críticos têm usado todos os pequenos rumores – que ela vai entrar na reabilitação, que perdeu o noivo, a sua carreira e agora a cpa na Vogue – para provar que o “politicamente correto” não pode ser quebrado.

Até agora, o oposto tem acontecido. As suas vendas têm aumentado tal como os seus fãs no Facebook e seguidores no Twitter, e Miley ainda continua igual à sua pessoa.

 

Fonte | Tradução: MileyForeverFans






Comenta

Comment: