+ Entrevista da Miley na Kiss 108 FM
Posted on: 14 Novembro, 2009 by aiav Filed Under: Notícias Comentários: Nenhum comentário

Entrevistador: Você já conhece Boston, já esteve aqui o bastante para conhecer a cidade?

 

Miley: Já estive aqui uma vez antes, mas nunca realmente conheci, eu tenho meus guitarristas que são daqui, então gostaria de ficar aqui mais tempo para ir vê-los tocar porque eles vão se apresentar hoje, mas não ficarei tempo suficiente.

 

Entrevistador: Seu irmão é do Metro Station, vocês estão tendo muito tempo juntos?

 

Miley: Sim, nós saímos, temos bons momentos em família, mas normalmente ou ele está a trabalhar, ou eu estou a trabalhar. A gente sai, mas é mais quando temos o tempo livre, durante meu dia estou sempre na radio, ou fazendo checagem de som, e ele está checando o som em outro momento…

 

Entrevistador: Gostaria de te perguntar, o que é algo comum na vida da Miley Cyrus, quando você acorda o que acontece?

 

Miley: Turnê é mais fácil do que quando estou em Los Angeles, quando estou lá eu gravo o dia todo, qualquer coisa, aqui eu acordo um pouco mais tarde, porque os shows vão até mais tarde, faço as checagens de som, e eu faço a festa da checagem que é basicamente os fãs virem me ver enquanto eu faço isso, que são ganhadores de promoções em radios ou coisa do tipo, e ai venho a rádio, depois janto, e me arrumo para o show…Normalmente é isso.

 

Entrevistador: O que está acontecendo com o lance do Twitter? Todo dia eu ouço coisa sobre isso, twitter isso ou aquilo, Miley odeia twitter…O que está realmente acontecendo?

 

Miley: Eu simplesmente não o tenho. Mas isso não quer dizer que eu odeie ou seja contra, apenas decidi não tê-lo. Qualquer um tem o direito de escolher ter um Facebook, Myspace ou Twitter, e se eu apenas não quero ficar dizendo o que estou fazendo o tempo todo, eu não tenho. Escolhi não ter.

 

Entrevistador: Como é isso, tudo que você faz ou não faz, parece que todos ficam fascinados com isso. É difícil está sob um microscópio o tempo todo?

 

Miley: Eu acho que é mais estressante para outras pessoas do que pra mim, porque eu não me preocupo, não é algo que me deixa acordada a noite, as pessoas se estressam e ficam preocupada se eu fazia algo e não o faço mais, ou se eu apenas não faço…Eu acho que as pessoas passam muito tempo na internet, todos nos preocupamos com o que as crianças vão ver na TV, mas elas vão ver outras milhões de coisas na internet que não deveriam, com propagandas e as outras pessoas falam não tem como controlar isso (…) Acho que as crianças não deveriam ficar tanto tempo na internet.

 

Entrevistador: Tem uma história muito estranha (…) Uma menina e o gato. Você viu ou ouviu falar?

 

Miley: Sim. ‘Salve Fuzzy’. Alguém disse que vai comer o gato se eu não voltar ao twitter. Isso foi meio intenso, mas eu não sei o que ela vai fazer com o gato, não voltarei ao twitter…Eu realmente espero que o Fuzzy sobreviva.

 

Sobre a turnê:

 

Miley: Eu acho que as pessoas não entendem que isso continua sendo um trabalho, é muito divertido, quando estou no palco eu fico muito feliz, mas, você sabe, tem muita viagem, é difícil ficar longe de casa e seus amigos. Mas é incrível, eu tento ter certeza de que, como minha mãe me diz, se você vai estar nesse ramo e conseguir ficar, não será pelo dinheiro porque honestamente, as forças que você põe não há dinheiro valha o tanto que você fica estressado, e as coisas que você pode ou não perder…não é pelo dinheiro, nunca foi assim pra mim, ou meu pai, ou minha família, é apenas porque amamos. Então eu acho que se você realmente tem amor por isso, se você adora entreter, eu acho fácil, acho divertido, mas você tem que dar duro, você tem que amar e fazer disso sua vida, tem que dar 120% de si, caso contrário, às vezes o glamour não é o suficiente, você tem que ter paixão.

 

Fonte: MileyBR






Comenta

Comment: